Forum destinado a apresentação de exercícios, discussão e postagens de duvidas e soluções em Hardware


    Exercícios

    Compartilhe
    avatar
    André Luis
    Admin

    Mensagens : 30
    Pontos : 100
    Data de inscrição : 03/10/2011
    Idade : 43
    Localização : Louveira

    Exercícios

    Mensagem  André Luis em Qui 14 Jun 2012 - 19:53

    Pesquise e responda.

    1 - Qual o comando que permite saber as mensagens informadas na inicialização do sistema?

    2 - Para que serve os comandos: history, df, du, cal e dd?

    3 - Qual o comando para procurar arquivos nos diretórios? Escreva o comando para procurar o arquivo "iptables"

    4 - O que faz os comandos: which e whereis?

    5. O que é o APT? Quais as distribuições que utilizam-no?

    6. O que faz os comandos abaixo:

    a) # apt-get install pacoteX

    b) # apt-get upgrade

    c) # apt-get dist-upgrade

    d) # apt-get update

    7. O que é o DPKG? Cite exemplos de uso deste comando.

    8. O que são "pipes"?

    9. O que é o grep? Cite exemplos de uso.

    10. O que é Bash?
    avatar
    Junior Cesar Dias Donda

    Mensagens : 1
    Pontos : 1
    Data de inscrição : 19/05/2012
    Idade : 22
    Localização : Jundiai

    Re: Exercícios

    Mensagem  Junior Cesar Dias Donda em Sab 30 Jun 2012 - 20:53

    1 - Qual o comando que permite saber as mensagens informadas na inicialização do sistema?

    Logo após a escolha da partição através do gerenciador de inicialização, uma série de mensagens irá aparecer na tela, indicando o carregamento do kernel. O init é o processo que está gerenciando esta verificação e carregamento.
    As mensagens de inicialização do kernel podem ser vistas através do Linux conf no menu Estado -> Registros -> Mensagens de Inicialização do kernel. Em seguida, são mostradas na tela do computador toda aquela parte em que o sistema está carregando, atualizando informações da máquina e da rede. Este é o processo init propriamente dito. Podemos ver as seguintes informações:
    • Última versão e data de atualização do kernel;
    • Tipo do processador, monitor e teclado;
    • Quantidade de memória e como ela está dividida (incluindo tabela de páginas, cache e tabela hash);
    • Verificação da rede: endereço IP, rede, sockets, placa de rede;
    • Verificação de portas, terminais, IRQs e drivers;
    • Existência de outro tipo de hardware, como por exemplo SCSI;
    • Checagem do disco e das partições para verificar a integridade;
    Execução dos serviços previamente configurados, como por exemplo montagem automática de dispositivos

    2 - Para que serve os comandos: history, df, du, cal e dd?

    History: O comando "history", no shell, mostra todos os seus "passos" praticados no terminal.
    Df: O comando df mostra o espaço livre/ocupado de cada partição. Pode ser utilizado junto com várias opções, se for utilizado sozinho, mostrará o espaço usado e disponível de todos os sistemas de arquivos atualmente montados.
    Du: O comando "du" é utilizado para saber o espaço utilizado em disco, por pastas ou arquivos, de maneira rápida e fácil, diretamente no terminal.
    Cal: Este comando simples e útil é utilizado para visualizar um calendário em modo texto.
    Dd: O comando pode aceitar parâmetro que determina a forma de cópia e conversão dos dados lidos a partir da entrada especificada.

    3 - Qual o comando para procurar arquivos nos diretórios? Escreva o comando para procurar o arquivo "iptables"

    Utilizando o comando FIND: Para localizar algum arquivo ou diretório utilizando o find utilize a seguinte linha de comando:
    find -name <nome do arquivo ou diretório>

    4 - O que faz os comandos: which e whereis?
    Which: busca por executáveis nos PATHs exportados.
    Whereis: busca por arquivos executáveis, man pages, arquivos de configuração e fontes.

    5. O que é o APT? Quais as distribuições que utilizam-no?
    O apt é um conjunto de ferramentas que possui a finalidade de gerenciar os pacotes de uma distribuição, podendo ser utilizado tanto em distribuições que utilizam o formato RPM quanto outros formatos
    Os principais programas que compõem o apt são:
    • apt-get
    • apt-cdrom
    • apt-cache
    • apt-config

    6. O que faz os comandos abaixo:

    a) # apt-get install pacote
    apt-get install = efetua a atualização de um pacote específico.

    b) # apt-get upgrade
    apt-get upgrade = efetua uma comparação entre os pacotes que estão instalados em sua maquina e se na lista houver um pacote com a versão mais nova ele faz o download a faz a atualização.

    c) # apt-get dist-upgrade
    Atualiza todo o sistema para uma nova versão da distribuição, mesmo que isso signifique eliminar pacotes. Esta não é a melhor opção para atualizar um sistema.

    d) # apt-get update
    apt-get update = efetua download de uma lista de pacotes atualizados

    7. O que é o DPKG? Cite exemplos de uso deste comando.
    O dpkg complementa o apt-get, permitindo instalar pacotes .deb baixados manualmente.
    Exemplos de DPKG:
    Lembre-se de usar a tecla <TAB> para completar o nome do arquivo depois de digitar as primeiras letras.Se você tiver uma pasta com vários pacotes (como o OpenOffice 2.0, por exemplo), pode instalá-los de uma vez usando o comando "dpkg -i *.deb".Se você receber erros de dependências mas quiser forçar a instalação do pacote (geralmente não é uma boa idéia...), pode usar o comando "dpkg -i --force-all pacote.deb". Neste caso, tome cuidado com versões antigas, pois este último comando não checa dependências nem conflitos, apenas instala tudo de uma vez, na marra, causando os mais diversos problemas.

    8. O que são "pipes"?
    Como iniciante no Linux pude perceber a relevância do pipe para tornar os comandos do shell mais práticos e mais fáceis de serem escritos e portando decidi compartilhar minha experiência sobre este comando. O pipe é um das maneiras que o Linux pode utilizar para comunicação entre processos. De uma maneira simplória poderíamos dizer que o pipe nada mais é do que o encadeamento de processos. Ao primeiro olhar o pipe pode até não chamar atenção dos principiantes, mas trata-se de um ferramenta muito poderosa. Esse encadeamento de processo pode ser ativado pelo usuário através do comando "|"

    9. O que é o grep? Cite exemplos de uso.
    O comando grep é muito útil quando usado para filtrar saída de comandos:
    $ ps aux | grep root
    root 1 0.0 0.0 1120 52 ? S Aug24 0:04 init [3]
    root 2 0.0 0.0 0 0 ? SW Aug24 0:00 [kflushd]
    root 3 0.0 0.0 0 0 ? SW Aug24 0:00 [kupdate]
    root 4 0.0 0.0 0 0 ? SW Aug24 0:00 [kpiod]
    root 5 0.0 0.0 0 0 ? SW Aug24 0:12 [kswapd]

    10. O que é Bash?
    Um comando do Linux é uma palavra especial que representa uma ou mais ações. Um interpretador de comandos também é conhecido como shell ou modo texto. Ele é o programa responsável por interpretar essas instruções enviadas pelo usuário e seus programas para o kernel. No Linux, você poderá ter vários interpretadores de comandos (ao contrário do que acontece no Windows que só tem o command.com).
    avatar
    Matheus

    Mensagens : 4
    Pontos : 4
    Data de inscrição : 10/10/2011

    Pesquise e responda.

    Mensagem  Matheus em Qui 5 Jul 2012 - 15:00


    1 - Qual o comando que permite saber as mensagens informadas na inicialização do sistema?
    As mensagens de inicialização do kernel podem ser vistas através do Linuxconf no menu Estado -> Registros -> Mensagens de Inicialização do kernel. Em seguida, são mostradas na tela do computador toda aquela parte em que o sistema está carregando, atualizando informações da máquina e da rede. Este é o processo init propriamente dito.

    2 - Para que serve os comandos: history, df, du, cal e dd?
    history - Exibir a listagem dos últimos comando digitados
    df - O comando df mostra o espaço livre/ocupado de cada partição. Pode ser utilizado junto com várias opções, se for utilizado sozinho, mostrará o espaço usado e disponível de todos os sistemas de arquivos atualmente montados.
    du -É utilizado para saber o espaço utilizado em disco, por pastas ou arquivos, de maneira rápida e fácil, diretamente no terminal.
    cal - O comando cal é utilizado para mostrar um calendário de um mês e/ou ano em específico.
    dd - É um clássico dos ambientes Unix-Like, com ele você pode fazer uma cópia exata de um arquivo, ou seja uma cópia bit a bit.

    3 - Qual o comando para procurar arquivos nos diretórios? Escreva o comando para procurar o arquivo "iptables".
    Utilizando o comando FIND .Para localizar algum arquivo ou diretório utilizando o find utilize a seguinte linha de comando:
    find -name <nome do arquivo ou diretório>. O "iptables" não tem arquivos de configuração, porque ele é apenas o gerenciador para o netfilter, que fica no próprio Kernel.
    Para adicionar alguma regra, é só dar os comandos com o próprio iptables (como, iptables -P INPUT DROP).

    4 - O que faz os comandos: which e whereis?
    Os comandos which e whereis são usados para realizar a busca de arquivos no sistema de forma muito rápida. Which: busca por executáveis nos PATHs exportados.
    Whereis: busca por arquivos executáveis, man pages, arquivos de configuração e fontes.

    5 - O que é o APT? Quais as distribuições que utilizam-no?
    O apt é um conjunto de ferramentas que possui a finalidade de gerenciar os pacotes de uma distribuição, podendo ser utilizado tanto em distribuições que utilizam o formato RPM quanto outros formatos, alguns programas que o compõem são:
    apt-get
    apt-cdrom
    apt-cache
    apt-config

    6 - O que faz os comandos abaixo:

    a) # apt-get install pacoteX
    Instala um novo pacote solucionando automaticamente os pacotes dos quais o aplicativo a ser instalado depende. Caso o pacote algum-pacote já esteja instalado, o apt-get tentará atualizá-lo

    b) # apt-get upgrade
    Atualiza todos os pacotes que estão instalados no sistema

    c) # apt-get dist-upgrade
    Instala os pacotes básicos e tenta atualizar todo o sistema

    d) # apt-get update
    Atualizar o banco de dados local do apt-get. Deve-se executar este comando frequentemente (eu executo diariamente) para que o apt-get busque sempre a lista de pacotes DEB mais recente

    7 - O que é o DPKG? Cite exemplos de uso deste comando.
    O dpkg (Debian Package) é o programa responsável pelo gerenciamento de pacotes em sistemas Debian. Sua operação é feita em modo texto e funciona através de comandos, assim caso deseje uma ferramenta mais amigável para a seleção e instalação de pacotes, prefira o dselect (que é um front-end para o dpkg) ou o apt.
    Exemplos:
    dpkg -i [NomedoPacote] (ou --install) para instalar um pacote em seu sistema
    dpkg -l [pacote] (--list) para listar pacotes existentes no sistema
    dpkg -r NomedoPacote (--remove) para remover um pacote do sistema completamente
    dpkg -P [NomedoPacote|-a] (--purge) para remover um pacote e todos os diretórios e arquivos de configuração criados
    dpkg -I NomedoPacote (--info) para mostrar a descrição do pacote
    dpkg -S arquivo (--search) para saber de qual pacote existente no sistema o arquivo pertence
    dpkg -s pacote (--status) para verificar o status de um pacote em seu sistema, se esta ou não instalado, configurado, tamanho, dependências, maintainer, etc
    dpkg --get-selections para obter uma lista de seleção dos pacotes em seu sistema
    dpkg --set-selections &lt;arquivo para obter a lista de pacotes que serão instalados no sistema
    dpkg --configure [NomedoPacote] para configurar um pacote
    dpkg -c arquivo (--contents) para obter a listagem dos arquivos contidos no pacote

    8 - O que são "pipes"?
    O pipe é um das maneiras que o Linux pode utilizar para comunicação entre processos. De uma maneira simplória poderíamos dizer que o pipe nada mais é do que o encadeamento de processos. Ao primeiro olhar o pipe pode até não chamar atenção dos principiantes, mas trata-se de um ferramenta muito poderosa. Esse encadeamento de processo pode ser ativado pelo usuário através do comando "|".

    9 - O que é o grep? Cite exemplos de uso.
    O comando grep é muito útil quando usado para filtrar saída de comandos, outra utilidade do comando grep é a de buscar por ocorrências de expressões dentro de 1 ou mais arquivos.

    10 - O que é Bash?
    O interpretador de comandos é que executa comandos lidos do teclado ou de um arquivo executável. É a principal ligação entre o usuário. Entre os programas interpretadores de comandos pode-se destacar o bash, ash, csh, tesh, sh. Entre eles o mais usado é o bash (Bourne Again Shell), criado por S.R. Bourne.
    Uma característica interessante do Bash é que ele possui a função de auto-completar os nomes de comandos que foram digitados via entrada padrão. Isso é feito pressionando-se a tecla TAB; o comando é completado e acrescentando um espaço.

    paloma

    Mensagens : 4
    Pontos : 4
    Data de inscrição : 03/10/2011

    Re: Exercícios

    Mensagem  paloma em Sab 18 Ago 2012 - 20:15

    1 - Qual o comando que permite saber as mensagens informadas na inicialização do sistema?

    R: Ao iniciar um sistema Linux, geralmente muitas informações aparecem na tela.
    Estas informações são o que chamamos de mensagens do kernel.
    Estas mensagens mostram o que está sendo carregado na memória do sistema, como por exemplo
    dispositivos de disco, CDs, drivers de rede, entre outros.
    Estas mensagens são muito importantes, pois no futuro irão ajudar a diagnosticar problemas, ver o que está sendo
    reconhecido pelo kernel, entre outras coisas mais.
    Pode ser que em sua distribuição de escolha, as mensagens não apareçam, ou então uma janela gráfica aparecerá no lugar.
    Neste caso, para visualizar as mensagens de boot posteriormente, utilize o seguinte comando:

    $ dmesg

    Todas estas mensagens do kernel também são gravadas no arquivo /var/log/messages,
    mas este arquivo só pode ser lido pelo administrador do sistema (root).
    Logo após as mensagens de kernel, o init entra em ação.
    O init é o encarregado de iniciar todos os serviços da distribuição,
    como serviços de impressão, fontes, configurações de teclado e mouse, interfaces de rede, entre muitos outros.
    Para fins de informação, estes scripts de serviços se encontram geralmente no diretório /etc/init.d.

    É importante observar a inicialização do Linux para ver se está tudo ok, se os serviços não deram erros ou
    se algo que não é preciso está sendo iniciado.

    2 - Para que serve os comandos: history, df, du, cal e dd?
    History: O comando history é o comando que exibe os últimos 1.000 comandos digitados pelos usuários.

    df: mostra as partições usadas.

    du: Mostra o tamanho de um diretório.

    cal: exibe um calendário.

    dd: Com DD é possível extrair o conteúdo de um disco todo, ou de
    toda uma partição, ou de parte de uma partição, ou disco. É possível fazer a cópia da tabela de particionamento, fazer cópia da MBR, entre outras coisas.

    3: Para localizar algum arquivo ou diretório utilizando o find utilize a seguinte linha de comando:

    find -name <nome do arquivo ou diretório>

    4: Os comandos which e whereis são usados para realizar a busca de arquivos no sistema de forma muito rápida. A diferença entre os 2 são:

    whereis - busca por arquivos executáveis, man pages, arquivos de configuração e fontes.
    which - busca por executáveis nos PATHs exportados.

    5: O Apt é um conjunto de ferramentas utilizadas para gerenciar os pacotes de sua distribuição de uma forma automatizada, de maneira que,
    quando o usuário solicita a instalação de um pacote (aplicativo), o sistema também instala (ou atualiza) todos os pacotes necessários para o funcionamento deste aplicativo.

    6. A) O apt-get é um recurso desenvolvido originalmente para a distribuição Debian que permite a instalação e a atualização de pacotes (programas, bibliotecas de funções, etc) no Linux de maneira fácil e precisa.

    B)O parâmetro -u serve para o apt-get mostrar os pacotes que estão sendo atualizados, portanto, seu uso é opcional.

    Um detalhe importante: na atualização de pacotes, também é importante executar antes o comando apt-get update.

    C) O upgrade atualiza todos os pacotes para a nova versão, remove pacotes desnecessários na nova versão, e adiciona outros.

    D) efetua download de uma lista de pacotes atualizados

    7. O que é o DPKG? Cite exemplos de uso deste comando.
    R: O dpkg complementa o apt-get, permitindo instalar pacotes .deb baixados manualmente.

    Exemplos de uso do comando:

    - Para instalar um pacote no formato 'deb'
    dpkg -i nome_do_pacote.deb
    ou
    dpkg --install nome_do_pacote.deb

    - Para remover um pacote no formato 'deb' mantendo os arquivos de configuração relacionados ao pacote
    dpkg -r nome_do_pacote
    ou
    dpkg --remove nome_do_pacote

    - Para remover um pacote no formato 'deb' removendo também todos os arquivos de configuração relacionados ao pacote
    dpkg -P nome_do_pacote
    ou
    dpkg --purge nome_do_pacote

    8. O que são "pipes"?
    R: Além dos redirecionadores, temos também o pipe, representado pelo caracter “|”. O pipe é responsável por passar a saída de um comando como a entrada de outro.
    Em outras palavras, ao se executar um comando, ao invés da saída dele ir para a tela ou para um arquivo, ele se torna a entrada de outro comando, funcionando de forma parecida
    com a utilização tanto do “>” quanto do “<”.

    9. O que é o grep? Cite exemplos de uso.
    R: O grep é um comando linux utilizado para efetuar busca, com essa ferramenta podemos otimizar as nossas buscas através das expressões regulares
    Exemplos de uso:
    $ ps aux | grep root
    root 1 0.0 0.0 1120 52 ? S Aug24 0:04 init [3]
    root 2 0.0 0.0 0 0 ? SW Aug24 0:00 [kflushd]
    root 3 0.0 0.0 0 0 ? SW Aug24 0:00 [kupdate]
    root 4 0.0 0.0 0 0 ? SW Aug24 0:00 [kpiod]
    root 5 0.0 0.0 0 0 ? SW Aug24 0:12 [kswapd]

    O comando acima irá gerar a lista de todos os processos e jogar a saída para o duto (ps aux |). A comando após o duto (grep root), receberá a lista de processos e só
    jogará para a tela as linhas que contiverem a expressão "root"

    10. R) O bash é um interpretador de comandos, uma espécie de tradutor entre o sistema operacional e o usuário, normalmente conhecido como shell.
    Permite a execução de seqüências de comandos direto no prompt do sistema ou escritas em arquivos de texto, conhecidos como shell scripts.

    Joao nr

    Mensagens : 6
    Pontos : 14
    Data de inscrição : 03/10/2011

    Respostas Linux

    Mensagem  Joao nr em Seg 27 Ago 2012 - 14:43

    1 – Ao iniciar o sistema ele mostra mensagens que chamamos de mensagens do kernel a quantidade de memória, tipo de processador, verificação de rede, portas terminais, drivers, faz a checagem do disco e suas partições, mostra a ultima versão e a data da atualização do kernel.

    2 – CAL – Exibe um calendário
    DF – Mostra partições usadas
    DU – Exibe o tamanho do diretório
    HISTORY – Mostra os ultimos comandos inseridos
    DD – Apaga linhas inteiras

    3 – Comando FIND e o nome do diretório

    4 – São utilizados para realizar buscas de arquivos no Sistema. O comando WHEREIS localiza e exibe o PATH (caminho dos arquivos), já o comando WHICH busca executaveis nos PATH exportados.

    5 – O APT é uma ferramenta que possui a finalidade de gerênciar pacotes de uma distribuição.

    6 – a) Instala pacotes de atualizações
    b) Faz a atualização dos pacotes
    c) Atualiza para uma nova distribuição
    d) Atualiza sistema

    7 – É um comando utilizado para reconfigurar determinados pacotes já instalados. Digite o nome do pacote ou pacotes a serem configurados, ele fara perguntas de configuração como se fosse na primeira instalação.


    8 – Conecta dois comandos, criando a possibilidade da construção de uma cadeia de comandos.

    9 – Mostra o numero de cada linha em arquivos de expresão.

    10 – Interpreta Comandos.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Exercícios

    Mensagem  Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 11 Dez 2017 - 13:26